Soldados israelenses invadem emissoras árabes em Ramallah

Soldados israelenses invadiram hoje os escritórios de duas redes de televisão árabes na cidade de Ramallah, Cisjordânia, e obrigaram os jornalistas a se deitarem no chão enquanto realizavam uma busca por militantes e armas. A TV Abu Dhabi divide escritórios com a TV Nilo, do Egito. Os militares israelenses não fizeram comentários. Asef Hmaidi, correspondente da TV Abu Dhabi, afirmou que estava transmitindo imagens quando quatro soldados israelenses derrubaram a porta do escritório, localizado no terceiro andar da estação.Ele disse que os militares ordenaram os funcionários da emissora a se jogarem ao chão, enquanto duas jornalistas foram levadas para uma outra sala. "Eles danificaram tudo, as mesas, as portas, cadeiras; eles checaram tudo e depois roubaram nossos telefones celulares", disse Hmaidi. "Eles colocaram os pés sobre nossas cabeças e costas e nos perguntaram várias vezes se havia ali armas ou qualquer palestino". Um dos cinegrafistas tentou gravar as cenas, mas foi impedido pelos soldados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.