Soldados israelenses matam menino de dois anos em Gaza

Soldados israelenses estacionados na Faixa de Gaza assassinaram nesta segunda-feira um menino palestino de dois anos, informaram fontes hospitalares e testemunhas. Outras duas crianças ficaram feridas. O Exército do Estado judeu alegou desconhecer a existência do incidente, ocorrido em Rafah, na fronteira com o Egito, e preferiu não comentar o episódio. Funcionários do Hospital de Rafah disseram que Nafez Mashal morreu 15 minutos após ser internado, devido a um tiro nas costas.Segundo as mesmas fontes, um menino de oito anos e outro de 14 sofreram ferimentos moderados. O tio do garoto contou que a criança brincava na frente de sua casa quando soldados posicionados num posto de observação dispararam na direção dos meninos."O garoto brincava com uma pequena bola. De repente estávamos na linha de tiro", disse Mohammed Mashal. "Quando olhamos para o menino, ele jazia numa poça de sangue no chão." O tio garante que não ocorria nenhum tiroteio no momento em que os soldados israelenses abriram fogo.As crianças vêm sendo vítimas constantes no atual conflito de mais de dois anos entre israelenses e palestinos. Menos de 24 horas antes, um palestino matou cinco pessoas, inclusive duas crianças, num ataque a um kibbutz em Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.