Soldados nigerianos matam 3 em ataque a petrolífera

Três homens armados nigerianos morreram e pelo menos quatro ficaram feridos em uma troca de tiros com soldados que guardavam uma plataforma de petróleo no Delta do Níger, disse um porta-voz militar na sexta-feira. O tenente-coronel Rabe Abubakar, da força-tarefa conjunta do Delta do Níger, disse que o ataque não causou danos à plataforma Tebidaba, da empresa italiana Agip. "No tiroteio, três militantes foram mortos e quatro ficaram feridos e foram capturados, sem danos às instalações petrolíferas", disse ele. A plataforma e seus oleodutos, que enviam petróleo bruto ao terminal de exportação do rio Brass, foram atacados várias vezes nos últimos anos. Moradores da região explodiram os oleodutos de Tebidaba e do rio Brass em julho, causando a perda temporária de 47 mil barris por dia em produção. A violência no Delta do Níger, maior produtor de petróleo da África, reduziu a produção em um quinto nos últimos três anos. (Reportagem de Randy Fabi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.