Soldados norte-americanos matam quatro homens no Afeganistão

Soldados norte-americanos mataram hoje quatro homens no Afeganistão, depois que um deles tentou disparar um fuzil contra as tropas. Nenhum dos 30 integrantes da patrulha ficou ferido no ataque, ocorrido na província de Asadabad, sede do quartel-general das forças expedicionárias dos Estados Unidos.Segundo o coronel norte-americano Roger King, os americanos viajavam em um comboio e outro veículo se aproximou em direção oposta. Quando os veículos se cruzaram, um passageiro que estava no banco traseiro do automóvel civil apontou um fuzil AK-47 contra os americanos "de uma curta distância".?Felizmente, o AK-47 falhou. A patrulha americana pôde reagir antes que o inimigo tivesse a oportunidade de sacar outras armas", afirmou King. Os soldados mataram quatro homens e feriram outro no tiroteio subseqüente. O ferido foi levado a um hospital da província de Kunar, onde permanece vigiado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.