Soldados russos matam general

Dois soldados de uma base militar da Sibéria assassinaram a tiros um general e um outro oficial, informou nesta quarta-feira a imprensa russa. Depois de assassinar um líder de patrulha, os soldados roubaram sua pistola e tomaram um carro militar, matando seu passageiro, o general Sergei Bayev, chefe do 212º centro de treinamento. Os dois soldados foram presos mais tarde em Chita, a 4.700 quilômetros a leste de Moscou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.