Soldados sírios disparam contra manifestantes em Damasco

Segundo ativistas, diversas cidades do país foram tomadas por manifestações anti-governo

BBC Brasil, BBC

15 de julho de 2011 | 10h27

As forças de segurança sírias dispararam contra manifestantes anti-governo na capital, Damasco, e em outras cidades, segundo ativistas.

 

 

Veja também:

especialInfográfico: A revolta que abalou o Oriente Médio

 

Os protestos desta sexta-feira podem estar entre os maiores desde o início do levante popular contra o governo do presidente Bashar al-Assad, no mês de março.

Relatos dizem que conflitos em uma manifestação no centro de Damasco deixaram mortos.

O governo deu início a um projeto de "diálogo nacional", mas muitos ativistas ainda pedem a renúncia do presidente Assad.

As sextas-feiras se tornaram o principal dia de protestos no país, após o momento das orações tradicionais.

Há relatos de grandes manifestações em diversos locais do país, incluindo as cidades de Homs, Deraa e Idlib, e no bairro de Qabun, em Damasco.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.