Sonda chega até refúgio de mineiros presos no Chile

Uma das sondas pela qual se construirá um túnel de resgate dos 33 mineiros presos no fundo de uma mina no norte do Chile há 43 dias chegou hoje à área onde eles estão. A governadora regional de Atacama, Ximena Matas, afirmou que a sonda T130 chegou até uma área nas proximidades do refúgio de emergência, no qual se encontram os mineiros desde o acidente de 5 de agosto.

AE-AP, Agência Estado

17 de setembro de 2010 | 13h35

Outra das sondas também está a mais de 400 metros de profundidade, enquanto uma terceira, usada em prospecções petrolíferas, começará a perfurar neste fim de semana. Após a chegada da sonda T130 ao fundo da mina, começa o processo para alargar o duto a fim de permitir a passagem de uma cápsula, no interior da qual serão retirados os mineiros. O processo pode demorar mais de um mês e meio, segundo as equipes de resgate.

Tudo o que sabemos sobre:
resgatemineirosChile

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.