Sonda espacial chega ao fim da missão

Após uma missão que excedeu as expectativas, a sonda Near, a primeira a pousar num asteróide, deixou de enviar sinais à Terra na noite de quarta-feira. A nave, de 495 quilos, foi lançada em 17 de fevereiro de 1996 e começou a orbitar o asteróide Eros em 14 de fevereiro do ano passado. Ela deveria parar de emitir sinais em 12 de fevereiro deste ano, quando o controle da missão orientou-a para pousar no asteróide - como não tinha o equipamento adequado para a operação, a sonda deveria, segundo os cientistas, espatifar-se no solo.Mas o pouso foi um sucesso e a Near, com seus painéis voltados para o Sol, continuou emitindo sinais, embora em velocidade bem menor que a anterior. Agora, com o Eros a 315 milhões de quilômetros da Terra e a redução da luz solar no local de pouso, os sinais foram enfraquecendo cada vez mais. Segundo os cientistas encarregados da missão, a eletricidade na Near deve acabar em um mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.