Sony tem prejuízo líquido de ¥ 24,64 bi no 1º tri fiscal

A Sony Corp. relatou prejuízo líquido de ¥ 24,64 bilhões (US$ 314 milhões) em seu primeiro trimestre fiscal terminado em 30 de junho, em comparação com a perda de ¥ 15,50 bilhões ocorrida em igual período do ano passado. Segundo a companhia, isso deveu-se aos custos de reestruturação, ao iene forte e a uma grande queda nas vendas em seus segmentos de entretenimento doméstico e som.

AE, Agência Estado

02 de agosto de 2012 | 09h27

A receita trimestral cresceu 1,4%, para ¥ 1,51 trilhão e a companhia registrou lucro operacional de ¥ 6,28 bilhões ante lucro líquido de ¥ 27,5 bilhões no mesmo período do ano passado. Especialistas haviam projetado, em média, perda líquida trimestral de ¥ 1,23 bilhão e lucro operacional de ¥ 17,5 bilhões.

Após quatro anos consecutivos no vermelho, a Sony tenta estancar as perdas em seu negócio de eletrônicos, especialmente em suas operações de TV. O novo presidente-executivo da Sony, Kazuo Hirai, que assumiu em abril, tem trabalhado para reduzir os custos fixos do negócio, enquanto muda o foco de crescimento futuro para produtos móveis como smartphones e tablets.

Para todo o ano fiscal iniciado em março, a Sony reduziu sua previsão de lucro líquido de ¥ 30 bilhões para ¥ 20 bilhões, e um lucro operacional de ¥ 130 bilhões na receita de ¥ 6,8 trilhões. A previsão era de lucro operacional de ¥ 180 bilhões e receita de ¥ 7,4 trilhões. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoSonyprejuízo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.