Sri Lanka confirma intenção de iniciar conversações com rebeldes

O gabinete de ministros do Sri Lankaaprovou uma resolução confirmando a decisão governamental de iniciar conversações com os Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE),segundo um comunicado oficial emitido nesta quinta-feira. O gabinete tomou a decisão na quarta-feira, mas anunciou que não acredita que a atitude seja suficiente para eliminar as ameaças à segurançanas áreas controladas pelo governo. A Força Aérea do Sri Lanka continuou os bombardeiosiniciados na terça-feira contra alvos em terreno controlado pelo LTTE na Província do Norte. O LTTE emitiu um comunicado na terça-feira condenando os bombardeios aéreos. Pela versão do grupo rebelde, as bombas caíram enquanto o enviado especial da Noruega, Jon Hanssen Bauer, mantinhaconversações com os seus líderes. A ação foi interpretada pelos rebeldes como um sinal negativopara o processo de paz com o governo cingalês. Em setembro, 114 civis morreram e 29 desapareceram devido ao conflito na ilha. Outras 52 pessoas foram seqüestradas ou detidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.