AP Photo/Manish Swarup
AP Photo/Manish Swarup

Sri Lanka reduz em mais de 100 o número de mortos em atentados

Em comunicado, Ministério da Saúde informa que, na conclusão das necropsias, alguns corpos de vítimas mutiladas foram contados várias vezes; total de mortos agora é de 253

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2019 | 15h00

COLOMBO - As autoridades do Sri Lanka reduziram o balanço de mortos nos ataques no Domingo de Páscoa em mais de 100, e anunciaram que o balanço é de 253 mortes, e não 359 como informado anteriormente. Em um comunicado divulgado nesta quinta-feira, 25, o Ministério da Saúde informou que, na conclusão das necropsias, os serviços médicos concluíram que alguns corpos de vítimas mutiladas foram contados várias vezes. 

O saldo oficial divulgado pela polícia foi reduzido em 106 pessoas após a comparação de necropsias e exames de DNA, informou o Ministério em seu comunicado. "Várias das vítimas ficaram muito mutiladas, houve uma dupla recontagem em alguns casos", explicou o ministério. 

No último domingo, vários suicidas atacaram a minoria cristã da ilha do sul da Ásia em três igrejas que celebravam a missa de Páscoa, causando um banho de sangue. Ao mesmo tempo, houve explosões em três hotéis de luxo. / AFP 

Tudo o que sabemos sobre:
Sri Lanka [Ásia]terrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.