Stephen Hawking se aposentará de Cambridge em 2009

O famoso físico Stephen Hawking se aposentará de seu prestigioso posto na Universidade de Cambridge no ano que vem, porém continuará suas pesquisas sobre tempo e espaço. A universidade anunciou hoje que Hawking, de 66 anos, deixará seu posto após o fim do ano acadêmico, em setembro. Hawking ocupa a cátedra de professor lucasiano de Matemática, título outrora mantido por Isaac Newton, no século 18. O chefe do departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica, Peter Haynes, afirmou que a equipe espera ainda contar com Hawking em trabalhos sobre cosmologia e gravitação. Hawking tornou-se uma celebridade por causa de suas teorias sobre buracos negros e a natureza do tempo. Ele conduziu essas pesquisas apesar de sofrer de esclerose lateral amiotrófica. O problema piorou ao longo dos anos e atualmente ele vive quase paralisado. A política da Universidade de Cambridge é que os funcionários devem se aposentar ao fim do ano acadêmico em que eles completam 67 anos. Hawking chegará a essa idade em 8 de janeiro. Fundada em 1633, a cátedra de professor lucasiano já foi também ocupada por Paul Dirac, entre 1932 e 1969, um especialista em mecânica quântica que previu a existência dos Pósitrons. Hawking foi apontado para o posto em 1979. Em 1988, o cientista lançou o livro Uma breve história do tempo, bastante vendido no mundo todo. Hawking comprovou em suas pesquisas que um pequeno feixe de luz consegue escapar dos buracos negros, contrariando as idéias então vigentes de que esses buracos não deixavam escapar nada. Essa luz e outros tipos de radiação ficaram conhecidos como "radiação Hawking".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.