Strauss-Khan terá audiência no dia 10 de dezembro

O ex-diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI), Strauss-Khan, terá de enfrentar uma audiência no dia 10 de dezembro, em Nova York, para acertar-se com a camareira do hotel, que alega ter sido abusada sexualmente por ele, o que determinou a saída de Khan do cargo, informou o juiz da Suprema Corte de Justiça do Bronx, Douglas McKeon.

EQUIPE AE, Agência Estado

04 de dezembro de 2012 | 02h56

"Se o caso for resolvido, este será anunciado em audiência pública no mesmo dia", disse McKeon, acrescentando que a camareira, Nafissatou Diallo, estará presente. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Strauss-Khanaudiência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.