Submarino chinês causa protesto do governo do Japão

O governo japonês protestou formalmente contra o chinês, depois de determinar que um submarino nuclear da China ingressou em águas territoriais japonesas, sem identificar-se. A Marinha do Japão está em alerta desde quarta-feira, quando o submarino foi detectado pela primeira vez, ao sul da ilha de Okinawa. Tóquio enviou um avião de reconhecimento e destróieres para acompanhar a embarcação, que passou cerca de duas horas em águas territoriais japonesas antes de seguir rumo ao norte.O ministro das Relações Exteriores do Japão, Nobutaka Machimura, convocou o enviado chinês Cheng Yonghua para protestar formalmente contra a incursão e exigir uma explicação, disse uma fonte na chancelaria sob condição de anonimato. Cheng disse que as autoridades chinesas investigam o incidente, e afirmou ter repassado o protesto a Pequim, prosseguiu a fonte japonesa.A agência de notícias Kyodo citou Chen dizendo que não poderia pedir desculpas imediatamente, porque estaria à espera de orientações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.