Subsecretário dos EUA faz ameaças à Coréia do Norte

O subsecretário americano de Defesa, Paul Wolfowitz, exortou a Coréia do Norte a abandonar seu programa de armas nucleares e ameaçou com uma reação "devastadora" se o regime comunista lançar uma eventual agressão na Península Coreana. Wolfowitz destacou que a Coréia do Norte, afetada pela falta de alimentos, deveria cessar o enorme desvio de seus limitados recursos para suas Forças Armadas e concentrar-se em melhorar a situação do povo faminto."Se este país escolher esta via, nos encontrará decididos a responder de modo positivo", disse."Nossa resposta à agressão será unificada, imediata e de uma eficácia devastadora", disse Wolfowitz à imprensa, após um encontro com empresários sul-coreanos em Seul. Segundo ele, as declarações da Coréia do Norte sobre a fabricação de armas nucleares devem ser levadas a sério.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.