Subsídios chavistas

Os subsídios chavistas foram tema central da campanha presidencial de outubro, ao lado da insegurança urbana. A oposição conseguiu seu melhor desempenho, 6,5 milhões de votos de Henrique Capriles contra 8 milhões de Hugo Chávez, prometendo manter todos os programas e torná-los mais eficientes. Chavistas foram taxativos: comida, combustível, casas e eletrodomésticos baratos eram "conquista da revolução" e acabariam em caso de derrota. Em um anúncio de Natal no ar na TV pública, um menino agradece a Jesus Cristo e a Chávez pelos benefícios.

O Estado de S.Paulo

23 de dezembro de 2012 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.