Sucatão deve ir da Suíça para o Iraque nesta madrugada

O governo brasileiro montou uma verdadeira operação de guerra para conseguir resgatar, ainda nesta sexta-feira, o corpo de Sérgio Vieira de Mello de Bagdá. Hoje, o avião presidencial da Força Aérea Brasileira, o Sucatão, desceu em Genebra para a primeira etapa de sua missão. Catorze militares e diplomatas acompanham o vôo. As negociações entre Brasília, Genebra, Nova York e Bagdá entraram noite adentro para garantir a segurança da operação. Até a meia noite, horário europeu (19h00, horário de Brasília), o governo brasileiro ainda não havia recebido a autorização para que o Sucatão continuasse seu trajeto até o Iraque. Mas a autorização acabou chegando no último momento. A previsão é de que o vôo entre o aeroporto de Genebra e a capital iraquiana seja iniciado às 8 da manhã, horário local (3h00 de Brasília). Em Bagdá, o corpo do brasileiro e de outras cinco vítimas serão colocados no avião, que retornará ainda no mesmo dia a Genebra. Após deixar os corpos dos cinco funcionários da ONU na Suíça, o Sucatão irá seguir para o Rio de Janeiro e chegará ao Brasil no sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.