Sucessor de Tony Blair chega a Bagdá em visita surpresa

Brown espera se reunir com premiê do Iraque, Nouri al-Maliki, e forças britânicas

Agencia Estado

15 Junho 2007 | 02h48

O próximo primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, chegou nesta segunda-feira, 11, ao Iraque para uma visita surpresa de avaliação, no momento em que considera o futuro envolvimento do Reino Unido em uma guerra que enfureceu eleitores e levou a pedidos de uma retirada rápida. A porta-voz britânica afirmou que Brown, que viaja acompanhado pelo ministro da Defesa Des Browne, terá conversas com o primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, e com o presidente Jalal Talabani. "Brown está em Bagdá para reunir fatos que servirão de base para decisões que ele tem que tomar sobre o Iraque nos próximos meses", disse uma porta-voz da embaixada britânica Esta é a primeira visita de Brown à região desde que foi confirmado que ele se tornará premiê no dia 27 de junho, assumindo o cargo de Tony Blair. A popularidade de Blair ficou abalada por seu apoio à guerra liderada pelos Estados Unidos. A segurança em torno da visita de Brown foi reforçada e os jornalistas que viajam com ele foram proibidos de divulgar antecipadamente os detalhes de sua passagem pelo país. As cidades de Bagdá e Basra, no sul do Iraque, foram atacadas com bombas no mês passado durante a visita do primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair.

Mais conteúdo sobre:
Iraque Gordon Brown visita surpresa

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.