Sudão aceita pacote da ONU para paz em Darfur

O governo sudanês aceitou o pacote das Nações Unidas para a região de Darfur, que inclui o envio de tropas de paz "híbridas", compostas por soldados da ONU e da União Africana, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores.O porta-voz afirmou que o número de soldados na força híbrida "será definido pelo comandante e seu comitê, e temos de afirmar, claramente, que o comando será da União Africana".O comentário reflete a tradicional oposição do governo ao envio de 20 mil homens da ONU a Darfur, conforme proposta do Conselho de Segurança das Nações Unidas.Os combates em Darfur tiveram início em fevereiro de 2003, quando rebeldes de tribos africanas pegaram em armas, queixando-se de opressão por parte do governo, dominado por árabes. O governo é acusado de ter reagido com uma força paramilitar árabe conhecida como janjaweed, desde então acusada de massacres e atrocidades cometidos contra civis. O governo nega que os Janjaweed atuem com seu consentimento.Mais de 200 mil pessoas foram mortas e 2,5 milhões ficaram desabrigadas nos três anos de combate.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.