Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Sudão assinará compromisso com a ONU para deter massacre

O governo do Sudão e a ONU assinarão um acordo na segunda-feira, definindo as medidas que Cartum deve tomar, ao longo deste mês, para dar início ao desarmamento das milícias árabes e outros bandos de foras-da-lei que vêm espalhando o terror na região de Darfur. Os termos foram fechados pelo chanceler sudanês Mustafa Osman Ismail e pelo representante especial das Nações Unidas Jan Pronk. Uma cópia do acordo foi entregue ao secretário-geral Kofi Annan e exemplares devem ser entregues aos 15 membros do Conselho de Segurança.Não está claro, porém, se o gabinete de governo sudanês já aceitou o acordo. Fontes dizem que o gabinete debaterá a questão no domingo. Em 30 de julho, o Conselho de Segurança aprovou uma resolução dando ao Sudão 30 dias para deter as milícias árabes conhecidas como janjaweed, acusadas de atacar fazendeiros negros em Darfur, matando milhares e deixando dezenas de milhares de desabrigados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.