Sudão confirma sobrevivência de bebê em desastre aéreo

Um menino é o único sobrevivente da queda de um avião da Sudan Airways, onde morreram 116 pessoas. Notícias sobre a morte do menino, que perdeu uma perna, foram causadas pela confusão de identidade entre o sobrevivente, Mohammed al-Fatih, e uma menina de dois anos, Lena Abdallah, que não resistiu aos ferimentos e morreu. ?Houve uma confusão de identificação?, disse o gerente de relações externas da empresa, Jalal al-Ajab. Confusão ainda reina no tocante à idade de de Mohammed: Ajab disse que ele teria apenas nove meses. O governador da região onde o avião caiu disse que o garoto tinha três anos, e a lista de passageiros do vôo o descreve como ?lactente?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.