Sudão controla milicianos acusados de massacre, diz ONU

As Nações Unidas informam que o governo sudanês admitiu ter ?controle? sobre alguns combatentes janjaweed, milicianos acusados pelo massacre de milhares de pessoas nos 18 meses de conflito na região de Darfur. Radhia Achouri, porta-voz da missão da ONU no Sudão, disse que as autoridades sudanesas prometeram recentemente fornecer uma lista dos janjaweed suspeitos de envolvimento nos combates em Darfur, onde 30.000 já teriam sido mortas.?O governo costumava se referir aos janjaweed como bandidos e a negar laços com eles?, disse Achouri, por telefone. Ela se encontra em um campo de refugiados em Darfur. ?Mas, ao prometer a lista, eles (o governo) admitem ter influência sobre alguns membros das milícias... Em resumo, eles têm controle?.Em Nova York, o porta-voz da ONU, Fred Eckhard, disse que o chanceler sudanês, Mustafa Osman Ismail, se reuniu com o enviado das Nações Unidas ao Sudão, Jan Pronk, e deu a entender que ?os nomes e números da milícia serão fornecidos em breve?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.