Sudão e Sudão do Sul concordam em encerrar impasse petrolífero

O Sudão e o Sudão do Sul concordaram em acabar com a disputa sobre pagamentos de petróleo e irão discutir quando serão retomadas as exportações da commodity por meio do norte, afirmou um mediador da União Africana (UA) no sábado (horário local).

Reuters

03 de agosto de 2012 | 21h50

O Sudão do Sul, que não tem saída para o mar, suspendeu a produção de petróleo em janeiro depois de não chegar a um acordo com o Sudão sobre o valor que deveria pagar para exportar seu petróleo através de oleodutos do norte.

"É um acordo sobre todas as questões. Os problemas principais eram encargos para transporte, processamento e trânsito", disse o ex-presidente da África do Sul e mediador da UA, Thabo Mbeki, a repórteres.

Ele não deu mais detalhes e não havia um comentário imediato dos representantes do Sudão e do Sudão do Sul, que estavam negociando o fim das hostilidades na sede da UA em Adis-Abeba, na Etiópia.

(Reportagem de Aaron Maasho)

Tudo o que sabemos sobre:
SUDAOSUDAOSULACORDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.