Sudão e Sudão do Sul fecham acordo sobre petróleo

O Sudão do Sul anunciou hoje que fechou um acordo com o Sudão para a exportação de petróleo através dos oleodutos do Sudão. Em comunicado divulgado neste sábado, o governo do Sudão do Sul disse que pagará aproximadamente US$ 9,48 por barril para usar os oleodutos do Sudão.

AE, Agência Estado

04 de agosto de 2012 | 13h05

Segundo o Sudão do Sul, o acordo sobre as taxas de transporte terá duração de três anos e meio, e após esse período os países poderão negociar taxas mais baixas. O Sudão do Sul também poderá deixar de usar os dutos do Sudão, se os planos de construir oleodutos através do Quênia seja concretizado.

Uma disputa envolvendo o compartilhamento da antes unificada indústria de petróleo dos dois países levou o Sudão do Sul a suspender sua produção. O petróleo também deflagrou uma perigosa confrontação militar entre os dois lados em abril, quando o Sudão do Sul tomou a cidade de Heglig, que é responsável por mais da metade da produção de petróleo do Sudão. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleoSudão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.