Sudão promete doação de US$ 10 milhões aos palestinos

O primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP) e líder do Hamas, Ismail Haniyeh, anunciou nesta quarta-feira que o Sudão prometeu o envio de US$ 10 milhões para ajudar o governo palestino.O anúncio foi feito por Haniyeh em entrevista coletiva ao término da visita do líder palestino ao Sudão, na última etapa de uma viagem por vários países árabes e muçulmanos em busca de ajuda financeira. O roteiro incluiu Egito, Síria, Catar, Barein e Irã."O presidente (sudanês) Omar Hassan Ahmad al-Bashir decidiu doar US$ 10 milhões, que serão entregues diretamente ao governo palestino para aliviar o cerco imposto ao nosso povo", disse.Haniyeh considerou a decisão "uma tradução direta da decisão árabe de romper imediatamente o isolamento do povo palestino", em uma referência à decisão firmada pelos ministros das Relações Exteriores da Liga Árabe, em novembro, para suspender o bloqueio imposto por países ocidentais ao governo do Hamas.O primeiro-ministro da ANP disse que a aplicação da decisão foi o principal tema de suas conversas com Bashir, que está à frente da presidência rotativa da Liga Árabe.Haniyeh disse que sua viagem "alcançou os objetivos" para acabar com o bloqueio e arrecadar fundos para pagar os salários dos funcionários do governo palestino.O Catar também prometeu enviar ajuda econômica e anunciou que doará US$ 40 milhões para o pagamento dos salários dos funcionários ligados ao Ministério da Educação, enquanto o Irã anunciou que enviará US$ 250 milhões ao governo de Haniyeh.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.