Sudão suspende censura dos jornais pelo governo

O presidente Omar el-Bashir suspendeu a censura estatal dos jornais do país e a proibição de viagem que pesava sobre alguns políticos da oposição. O decreto presidencial se segue a uma reunião entre El-Bashir e oposicionistas, que acusam o governo de ignorar a demanda por mais liberdade política.O decreto transfere a responsabilidade de supervisionar os jornais para o Conselho Nacional de Imprensa, um organismo semi-autônomo. O governo sudanês é conhecido por reprimir a oposição e mandar fechar jornais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.