Suécia e Reino Unido investigam carne de cavalo

Autoridades de segurança alimentar da Suécia disseram que testarão uma ampla gama de produtos de carne congelada vendidos em supermercados para verificar se eles contêm carne de cavalo e foram rotulados equivocadamente. A medida é consequência do escândalo crescente sobre a carne de cavalo vendida como carne de boi em comidas processadas congeladas em diferentes lugares da Europa, incluindo a Suécia.

AE, Agência Estado

12 de fevereiro de 2013 | 17h13

O chefe de gestão de controle da Agência Nacional de Alimentos da Suécia, Peter Bradenmark, disse que o órgão avaliaria entre 50 e 100 amostras coletadas em supermercados.

Nesta terça-feira, autoridades e policiais do Reino Unido invadiram dois estabelecimentos, como parte das investigações, de acordo com a Agência de Padrões de Alimentos. O órgão suspendeu as operações nos dois lugares, um matadouro em Todmorden, no norte da Inglaterra, e uma fábrica de produção de carne em Aberystwyth, no oeste do País de Gales. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.