Suecos convocam boicote contra produtos israelenses

Dezenas de personalidades e dirigentes suecos convocaram hoje um boicote contra produtos israelenses procedentes dos territórios palestinos ocupados. "Comprar e comercializar bens israelenses dos territórios ocupados é apoiar ativamente a ocupação ilegal por parte de Israel", disseram os autores de um artigo publicado pelo jornal Dagens Nyheter.O artigo foi assinado, entre outros, por Karl Gustav Hammar, arcebispo da Igreja Luterana da Suécia, Carl Tham, embaixador em Berlim, Gudrun Schyma, líder do Partido Esquerda, assim como por dezenas de jornalistas, escritores, economistas e políticos. "Israel destruiu conscientemente a infra-estrutura da Autoridade Palestina e já demoliu a autonomia (palestina) na Cisjordânia", afirma o artigo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.