Suharto se recupera em hospital, mas continua fraco

Ex-presidente indonésio foi submetido à diálise após dar entrada no hospital na sexta-feira

Efe

06 de janeiro de 2008 | 04h27

A equipe médica que cuida do ex-presidente indonésio Mohammad Suharto (1967-1998) manifestou neste domigo seu otimismo em relação à recuperação do paciente, mas indicou que ele ainda está muito fraco devido ao baixo número de hemoglobina. O estado de saúde de Suharto melhorou, após ser considerado grave no dia anterior, indicou o site "Detikcom". Ele foi submetido à diálise após dar entrada no hospital na sexta-feira, depois de passar mal durante cinco dias em sua casa. O médico Djoko Rahardjo informou ao "Detikcom" que o estado de Suharto melhorou na noite anterior, após terem sido drenados de seu corpo líquidos originados pelas inflamações em algumas extremidades. O ex-líder de 86 anos foi levado na sexta-feira ao hospital Pertamina de Jacarta após passar mal durante cinco dias em sua casa. Segundo médicos, o paciente apresentou um reduzido número de hemoglobina, pressão baixa e inflamações no corpo e precisa fazer diálise. Nos últimos anos, o dirigente que governou a Indonésia com mão de ferro durante três décadas foi internado várias vezes nos hospitais da capital devido à sua saúde frágil, o que livrou-o dos julgamentos que correm contra si por corrupção. Em 2006, Suharto ficou internado no hospital Pertamina durante um mês devido a uma hemorragia interna que obrigou-o a ser submetido a três operações estomacais. O ex-chefe de Estado se manteve à frente do Governo da Indonésia até maio de 1998, quando foi obrigado a renunciar devido à protestos estudantis no país. 

Tudo o que sabemos sobre:
Indonésia, Suhartohospital

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.