Suíça aprova projeto para deportação de estrangeiros

Os suíços aprovaram hoje um projeto que deporta automaticamente estrangeiros que cometerem crimes sérios ou facilitarem fraudes. Essa é uma vitória significativa para o partido nacionalista, que aprovou a proposta contra a vontade do governo. A medida obteve aprovação de 52,9% dos eleitores suíços.

AE, Agência Estado

28 de novembro de 2010 | 20h24

O governo terá agora de especificar a lei que requer a expulsão automática de estrangeiros que foram acusados de crismes como assassinato, sequestro, tráfico de drogas e fraude. "A aprovação da lei é um sinal claro de que a população considera o crime cometido por um estrangeiro como um problema sério", afirmou a ministra da Justiça, Simonetta Sommaruga.

O sistema político da Suíça permite que qualquer grupo que queira aprovar uma lei precisa apenas colher 100 mil assinaturas para garantir um referendo. No ano passado o país foi condenado internacionalmente por ter aprovado um lei contra a construção de mesquitas. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.