Suíça congela US$ 100 milhões de Montesinos

O governo suíço bloqueou mais de US$ 100milhões em contas bancárias vinculadas ao ex-chefe de espionagemperuano Vladimiro Montesinos, anunciou hoje um porta-voz. A Suíça, que vem colaborando desde o ano passado comautoridades peruanas em sua investigação de Montesinos, recebeuum último pedido formal de assistência judicial de Lima naúltima sexta-feira, apenas um dia antes da surpreendente prisãode Montesinos na Venezuela. O pedido, o quinto apresentado pelo Peru, envolvia tantoMontesinos quanto associados dele, disse Folco Galli, porta-vozdo Ministério da Justiça. Galli afirmou que não poderia entrar em detalhes, mas que opedido seguia a linha de anteriores resultantes da investigaçãodo Peru relacionada ao tráfico de drogas, lavagem de dinheiro eenriquecimento ilícito. As contas congeladas na Suíça incluem cerca de US$ 70 milhõesdepositados em nome de Montesinos, informou Galli. O resto dodinheiro está em contas de associados, incluindo um membro doCongresso e um general, mas não do ex-presidente AlbertoFujimori, acrescentou. Foram bloqueadas contas em bancos suíços, assim como emfiliais suíças de bancos israelenses e francês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.