Suíça finaliza perfuração do túnel mais longo do mundo

Gotthard terá 57 quilômetros e já é considerado um marco na criação de ferrovias de alta velocidade

Agência Estado e Associated Press

15 de outubro de 2010 | 10h38

 

SEDRUN - Engenheiros suíços explodiram hoje o último pedaço de uma rocha para construir o túnel mais longo do mundo. O túnel Gotthard terá 57 quilômetros e já é considerado um marco importante na criação de redes ferroviárias de alta velocidade, ligando todos os pontos da Europa.

 

Uma perfuradora gigante rompeu a parede restante para a abertura desse túnel, localizado a 2.500 metros abaixo da terra. Mineiros, convidados e jornalistas dentro do túnel vibraram quando a Suíça tomou do Japão o título de país a possuir o túnel mais longo do mundo. Com a obra, milhões de toneladas de mercadorias atualmente transportadas pelos Alpes em caminhões pesados poderão ser levadas pelos trilhos.

Tudo o que sabemos sobre:
Suíçatúnelconstrução

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.