Suíça prende três suspeitos de apoiar o Estado Islâmico

Três pessoas suspeitas de apoiarem o grupo Estado Islâmico e acusadas de planejar um ataque terrorista na Europa foram presas na Suíça, informaram promotores do país nesta sexta-feira. Os cidadãos iraquianos foram detidos no fim de março e estão sob custódia até o momento. Nomes dos prisioneiros e detalhes do caso não foram revelados.

Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2014 | 19h19

As prisões não foram confirmadas anteriormente "para não pôr em risco o resultado das investigações e mandamento na Suíça e no exterior" para identificar possíveis cúmplices e redes de apoio.

Segundo a promotoria, as três pessoas são suspeitas de utilizarem explosivos e gases tóxicos com intenções criminosas e acusadas de delitos relacionados à pornografia e ao estímulos da entrada, saída ou permanência ilegal no país.

Autoridades suíças solicitaram auxílio de diversos países europeus nos últimos meses e têm trabalhado de perto com representantes dos Estados Unidos. Um time de investigação conjunta foi montado entre agentes do FBI e da polícia federal da Suíça.

O governo não forneceu detalhes sobre onde, quando e como o ataque terrorista ocorreria. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SuíçaEstado Islâmicosuspeitos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.