Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Suicida ataca base militante no Paquistão e mata 23

Explosão ocorreu perto da fronteira afegã; Taleban paquistanês assumiu a autoria do ataque

AE, Agência Estado

02 de março de 2012 | 11h12

PESHAWAR, PAQUISTÃO - Vinte e três pessoas morreram após um ataque suicida realizado nesta sexta-feira, 2, contra a sede de um grupo insurgente rival no noroeste do Paquistão, informou um funcionário do governo. Acredita-se que muitos dos mortos eram militantes.

 

A explosão ocorreu na região do vale do Tirah, perto da fronteira com o Afeganistão, onde confrontos no início do dia entre forças de segurança paquistanesas e militantes deixaram sete soldados e 20 insurgentes mortos.

 

O ataque suicida foi realizado na base do grupo Lashkar-e-Islam, informou Iqbal Khan, administrador local. Ele não sabia quantos dos mortos eram militantes e quantos eram civis.

 

Um comandante do Taleban paquistanês, que é rival do Lashkar-e-Islam, assumiu a responsabilidade pelo ataque em ligação telefônica para um repórter da Associated Press. O comandante se identificou como Mohammed. No último ano, os dois grupos têm lutado pelo controle do vale do Tirah.

A luta entre facções insurgentes é bastante comum em partes da região da fronteira, onde lealdades tribais têm muita influência e o governo tem pouco controle. Contrabando, sequestro e produção de drogas podem render aos comandantes grandes somas em dinheiro.

Forças paquistanesas lançaram ofensivas em muitas áreas fronteiriças nos últimos quatro anos, mas o sucesso foi limitado. Extremistas cujas bases estão nessas regiões têm realizado vários ataques contra o governo e as forças de segurança em todo o país, numa tentativa de derrubar o governo.

 

A região fica além dos limites nos quais os jornalistas atuam, o que dificulta a confirmação independente dos fatos.

 

As informações são da Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoLashkar-e-Islamatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.