Suicida mata dez e fere 25 policiais no Afeganistão

Um homem-bomba com um colete de explosivos provocou a morte de pelo menos dez policiais, ao detonar a carga em um centro de treinamentos da cidade de Kunduz, nordeste do Afeganistão. Outros 25 membros da polícia ficaram feridos. O ataque suicida ocorreu em uma região onde a violência não é habitual e que registra poucos ataques suicidas desde a queda do Taleban, no final de 2001.Conforme o chefe de polícia local, Mohammad Ayoub Salangi, os policiais feridos foram transferidos ao hospital. Ele acrescentou que será difícil identificar o suicida, pois seu corpo ficou destroçado.O epicentro dos combates entre os rebeldes talebans e as forças da Otan é o sul do Afeganistão. Nessa região a Otan lançou uma ambiciosa operação batizada como Aquiles, na qual participam cerca de 4.500 soldados aliados e outros mil afegãos para expulsar os extremistas do norte de Helmand.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.