Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Sul da Tailândia tem cinco mortos em onda de violência

De acordo com a polícia local, os rebeldes promovem ataques devido a prisão de um suposto líder insurgente

Efe

27 de outubro de 2009 | 04h41

Pelo menos cinco pessoas, entre elas um policial, morreram em ataques rebeldes ou em confrontos ocorridos durante as últimas 24 horas na região sul da Tailândia, de maioria muçulmana.

Na província de Pattani, três civis foram assassinados a tiros na última segunda-feira, 26, em ações de militantes do movimento separatista muçulmano.

Também em Pattani, cerca de mil quilômetros ao sul de Bangcoc, um rebelde e um policial morreram em um enfrentamento entre um comando especial da Polícia e um grupo de rebeldes armados com metralhadores.

Segundo a Polícia, os rebeldes aumentaram os ataques contra alvos civis e militares desde que, há uma semana, foi detido um suposto líder insurgente. Cerca de 3.700 pessoas morreram em virtude da violência no sul da Tailândia desde 2004.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.