Suleiman pede a manifestantes que 'vão para casa'

O vice-presidente do Egito, Omar Suleiman, pediu durante um discurso transmitido pela rede de televisão estatal que manifestantes contrários ao atual governo e que protestavam pelas ruas do país hoje voltassem para casa e para o trabalho. Ele também disse que "a porta ainda está aberta para o diálogo".

GUSTAVO NICOLETTA, Agência Estado

10 de fevereiro de 2011 | 20h27

Alguns minutos antes, o presidente egípcio, Hosni Mubarak, anunciou durante um discurso que delegaria poderes a Suleiman, mas não renunciaria ao cargo, frustrando as expectativas da multidão reunida na Praça Tahrir, no centro do Cairo. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EgitoprotestoSuleimanHosni Mubarak

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.