'Super Mario ', a estrela do resgate

Ele é chamado de "Super Mario" pela imprensa chilena. O mineiro Mario Sepúlveda, de 39 anos, o segundo a ser resgatado, transformou-se em uma estrela no Chile. O mais famoso dos 33 mineiros era o apresentador oficial do grupo e descrevia o dia a dia debaixo da terra. Bem humorado, narrava os vídeos e encerrava dizendo: "Um beijo aqui das profundezas, adiante estúdio."

, O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2010 | 00h00

Quando foi resgatado, Mário roubou a cena. Ele subiu na cápsula Fênix gritando: "Tirem-me daqui." Os operadores, na superfície, respondiam: "Acelera, Mario". Ao sair, ele tirou umas pedras do bolso para dar aos socorristas, dizendo que eram de ouro. Depois, puxou o grito de guerra do país: "C-H-I-Chile! Mineros de Chile". Foi acompanhado até pelo presidente Sebastián Piñera, às gargalhadas. Pouco depois, abraçou sua mulher, Elvira, a quem prometeu "uma noite de sexo".

A faxineira Nelfa Soto Gonzalez é fã do Super Mario. "Todo mundo assistia às reportagens que ele apresentava da mina como se fossem novelas", contou. "Agora, espero que ele faça algum filme ou programa de TV, ele é muito bom." O Super Mário até dava conselhos para as mulheres dos mineiros. "Olha, vocês devem economizar aí em cima, daqui a pouco nós estamos saindo."

Na noite do resgate, ela ficou acordada só até a saída de Sepúlveda. "Todo mundo queria vê-lo, ele é o principal, o mais engraçado e mais guapo (bonito)." Sua amiga, a dona de casa Verónica Oyanes, chorou duas vezes no decorrer da desventura dos mineiros: quando descobriram que eles estavam vivos, 17 dias depois do deslizamento na mina, e ontem, quando o primeiro mineiro, Florencio Ávalos, foi salvo.

"Estive com Deus e com o Diabo. Brigaram. Eu fiquei com Deus, segurei na mão dele. Sempre soube que Deus ia nos salvar", disse. Na última entrevista, ele fez um apelo por justiça: "Essa experiência deve servir para que dirigentes mudem as relações de trabalho."

OS OUTROS 32 RESGATADOS

1º. Florencio Avalos

Com 31 anos, é casado e pai de 2 crianças. Tímido, queria ser o câmera do grupo para não aparecer nos vídeos. Seu irmão, Renan, também é um dos 33 mineiros.

3º. Juan Illanes

Veterano da mobilização de tropas na fronteira sul entre Chile e Argentina, tem 52 anos. Questionado sobre a experiência do resgate na cápsula, disse que foi "como tomar um cruzeiro"

4º. Carlos Mamani

Boliviano de 24 anos, trabalhava na mina havia 5 dias. Evo prometeu emprego e casa na Bolívia; sua sogra, um cozido com genitais bovinos cujo preparo leva 10 horas

5º. Jimmy Sanchez

Caçula do grupo, com 19 anos, tem uma filha recém-nascida. Parentes prepararam uma festa com 500 pessoas "de todo o Chile" para recebê-lo

6º. Osman Araya

Pai de 3 filhos, 30 anos, prometera à família que deixaria o trabalho considerado "muito perigoso"

7º. José Ojeda

Avô de 46 anos e diabético, foi recebido pelos filhos e sobrinhos. Foi ele o autor da 1.ª mensagem dos 33: "Estamos bem"

8º. Claudio Yanez

De 34 anos, reclamou do veto aos cigarros e dos adesivos de nicotina. Sua namorada pediu-lhe em casamento por carta. Ele aceitou

9º. Mario Gómez

Mais velho do grupo, trabalha em minas há 52 anos e planejava se aposentar ainda este ano. Sofre de silicose, doença pulmonar recorrente entre mineradores

10º. Alex Vega

Casado e pai de 2 filhos, tem 31 anos. Seu pai tentou usar um nome falso para se juntar à equipe de resgate, mas foi descoberto

11º. Jorge Galleguillos

Com 56 anos, tem 13 irmãos e sofre de hipertensão. Já havia passado por 2s acidentes em minas

12º. Edison Peña

De 34 anos, pediu que o enviassem uma foto do sol e fazia exercícios para manter a forma. Fã de Elvis, ganhou uma viagem para Memphis (EUA)

13º. Carlos Barrios

Divorciado e pai de um garoto de 5 anos, reclamou da psicóloga que integrava a equipe de resgate

14º. Víctor Zamora

Mecânico de 33 anos, entrou na mina para consertar um veículo. Brincou dizendo que, lá, pelo menos ninguém o mandava tomar banho

15º. Víctor Segovia

Conhecido como "o escritor", o eletricista de 48 anos manteve um detalhado diário. "Quando durmo, sonho que estou em um forno", dizia

16º. Daniel Herrera

Solteiro de 27 anos, era motorista de taxi, mas arrumou um bico conduzindo um caminhão na mina. É fanático pelo time de futebol chileno Audax Italaiano

17º. Omar Reygadas

Com 56 anos, já é bisavô. Considerado "o psicólogo" do grupo, explicava aos socorristas os problemas dos mineiros

18º. Esteban Rojas

De 44 anos, propôs um casamento na igreja "de uma vez por todas" à sua namorada. O casal já tem três filhos

19º. Pablo Rojas

Decidiu trabalhar na mina há seis meses para pagar a universidade de seu único filho. Tem 45 anos e é casado

20º. Dario Segovia

Com 48 anos, entrou pela 1.ª vez numa mina aos 8 anos. Instalava bananas de dinamite nas paredes do local onde houve o acidente

21º. Yoni Barrios

Com 50 anos, tornou-se o paramédico do grupo. Sua mulher e sua amante aguardaram a chegada à superfície - mas só a segunda ficou até o final para abraçá-lo

22º. Samuel Avalos

Vendedor ambulante de 43 anos, aceitou o trabalho na mina atraído pelo salário. Também prometeu casar-se com sua namorada

23º. Carlos Bugueño

Descrito como "trabalhador" e "calmo", o mineiro de 27 anos era um dos responsáveis pela transmissão de objetos e mensagens

24º. José Henriquez

Especialista em perfuração e pastor evangélico de 56 anos, foi o "líder espiritual" dos 33 mineiros

25º. Renan Avalos

Há quatro meses, o chileno de 29 anos decidiu se juntar ao seu irmão Florencio (1º resgatado) no trabalho de mineração

26º. Claudio Acuña

Torcedor fanático do time de futebol Colo Colo, tem 44 anos. Fez aniversário embaixo da terra, no dia 9 de setembro

27º. Franklin Lobos

De 53 anos, é ex-jogador de futebol, batedor de falta. Ganhou uma camisa do artilheiro David Villa, do Barcelona, cujo pai era mineiro

28º. Richard Vilarroel

Mecânico de 27 anos, foi recebido aos berros por sua mãe. Ela não sabia que ele era mineiro, pensava que trabalhava como comerciante

29º. Juan Aguilar

Tem 49 anos e um filho. Sua mulher acampou ao lado da mina desde o dia do acidente

30º. Raúl Bustos

Com 40 anos, buscou emprego na mina depois que o terremoto de fevereiro destruiu o estaleiro onde trabalhava

31º. Pedro Cortez

Eletricista de 24 anos, perdera o dedo em um acidente numa mina há um ano. Extrovertido, era "o humorista" do grupo

32º. Ariel Ticona

De 29 anos, sua mulher deu a luz à 3ª filha do casal. A menina foi batizada de "Esperanza"

33º. Luis Urzua

Com 54 anos, foi o líder dos 33 mineiros e cuidou do diálogo com autoridades chilenas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.