Suposta morte gera conflito de lideranças do Taleban

Comandantes veteranos do Taleban negaram hoje que seu líder, Baitullah Mehsud, tenha morrido durante um ataque de míssil da CIA, a agência de inteligência dos Estados Unidos. Apesar disso, hoje teriam surgido conflitos entre facções rivais do Taleban no Paquistão, durante encontro para escolher um sucessor para Mehsud.

AE-AP, Agencia Estado

08 de agosto de 2009 | 17h31

O ministro das Relações Interiores do País, Rahman Malik, disse que as autoridades receberam informações de uma briga durante um encontro entre os grupos liderados por Hakimullah Mehsud e por Waliur Rehman, dois dos líderes do Taleban,

Ambos acreditam ser os mais aptos para substituir Mehsud, se as notícias de sua morte forem confirmadas. "Temos a informação de que um desses dois líderes rivais morreu, mas isso está sendo verificado. Por enquanto, não temos informações consistentes", acrescentou Malik, em entrevista a um canal de TV local.

Tudo o que sabemos sobre:
Talebanlíder

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.