Suposta múmia de Nefertiti pode ser homem

A múmia apresentada em um programa de televisão como sendo o provável corpo da rainha Nefertiti é, na realidade, o esqueleto de um homem, afirmaram arqueólogos egípcios. Os egípcios acreditam que a múmia é de um rapaz entre 16 e 19 anos, garante o porta-voz do Supremo Conselho de Antigüidades, Hassan Nasrallah. O canal a cabo Discovery Channel transmitiu imagens da múmia em junho e atribuiu à arqueóloga britânica Joann Flewtcher, da Universidade de York, a declaração de que "era muito possível" a múmia ser os restos mortais de Nefertiti. A rainha Nefertiti foi famosa por sua beleza. Seu nome significa "uma bela mulher chegou". Nefertiti casou-se com o faraó Akhenaton, que governou o Egito de 1379 a 1362 a.C. A múmia foi achada em uma tumba no chamado Vale dos Reis, sul do Egito. Crê-se que Nefertiti morreu por volta dos 30 anos de idade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.