Suposta voz de Saddam nega participação em atentado

A rede de TV Al-Jazira transmitiu uma gravação com uma voz atribuída ao presidente deposto do Iraque Saddam Hussein, na qual ele nega seu envolvimento e de seus simpatizantes no atentado a bomba, na sexta-feira, na cidade sagrada de Najaf, a 180 quilômetros de Bagdá. No atentado, pelo menos 125 pessoas morreram, entre elas o aiatolá Mohamed Baqr al-Hakim, um dos mais importantes líderes religiosos xiitas. "Talvez, vocês tenham ouvido o silvo das cobras, os serviçais dos invasores e como eles nos acusaram, sem qualquer evidência, da morte de al-Hakim", afirma a voz. Os xiitas responsabilizaram pelo atentado os simpatizantes de Saddam, os estrangeiros e os wahabitas - seita radical da Arábia Saudita - pelo atentado, além de criticarem as forças da ocupação por não garantirem a segurança no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.