Suposto chefe da máfia italiana é achado morto na prisão

Gaetano Lo Presti, suposto chefe da máfia em um bairro de Palermo, foi encontrado morto na prisão horas após ser detido em uma operação contra a ''Cosa Nostra'', informou hoje a polícia na Sicília. Lo Presti morreu enforcado na tarde de ontem, informou a polícia paramilitar em Palermo, que investiga o aparente suicídio.Em um comunicado, a polícia revelou que Lo Presti foi detido pois era acusado de comandar um clã da máfia no distrito de Porta Nuova, em Palermo. Vários líderes da máfia italiana foram presos nos últimos anos.As autoridades ordenaram a operação ontem para evitar o que definiram como manobras do crime organizado para reativar a ''Cosa Nostra''. Foram presas 89 pessoas. Segundo as autoridades, o objetivo da ação era também acabar com uma sangrenta batalha entre chefes de quadrilha, em uma briga interna por poder na organização criminosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.