Suposto infiltrado taleban mata 11 policiais afegãos

Cabul, 11/08/2012 - Um oficial da Polícia Nacional Afegã atirou e matou 11 de seus companheiros na região sudeste do Afeganistão. Segundo a membro do conselho provincial de Nimroz, Shakila Hakimi, disse que o incidente ocorreu em um posto de checagem no distrito remoto de Dilaram. Acredita-se que o oficial fosse um militante taleban infiltrado.

Agência Estado

11 de agosto de 2012 | 12h49

O incidente segue-se a vários outros em que membros das forças de segurança afegã voltaram-se contra colegas locais e estrangeiros. "As investigações iniciais indicam que o atirador era um infiltrado do taleban. Ele foi morto quando seus colegas devolveram os tiros", afirmou o governador da província de Nimroz, Abdul Karim Brahawi, à Associated France Press.

O assassinato ocorre um dia após seis soldados estrangeiros terem sido mortos por afegãos com os quais trabalhavam. Três soldados norte-americanos foram mortos por policiais afegãos, que os convidaram para uma refeição na província de Helmand. Outros três soldados foram mortos por civis afegãos que trabalhavam para em uma base da Otan na mesma província, disseram autoridades.

Um total de 34 soldados estrangeiros morreram este ano por colegas afegãos, de acordo com os cálculos da Otan, que têm 130 mil soldados no país, para ajudar o governo do presidente Hamid Karzai a combater os militantes talebans. As informações são da Dow Jones. (Equipe AE)

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoTaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.