Osman Orsal/Reuters
Osman Orsal/Reuters

Suposto militante do Estado Islâmico mata policial em Istambul

Homem esfaqueou agente da polícia em delegacia na parte europeia da principal cidade turca

O Estado de S.Paulo

13 Agosto 2017 | 18h20

ISTAMBUL - Um possível membro do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) esfaqueou um agente da polícia em uma delegacia de Istambul, antes de ser abatido a tiros neste domingo, 13. 

O caso ocorreu em uma delegacia na parte europeia da maior cidade da Turquia, para onde o agressor teria sido transferido. Ele era acusado de pertencer ao EI e de planejar um ataque suicida, informou a emissora CNNTürk.

As circunstâncias em que o ataque ocorreu ainda não foram esclarecidas. O agressor foi morto pela polícia a tiros e o agente de polícia esfaqueado, levado a um hospital, onde morreu devido aos ferimentos. 

Se a ligação com o EI for confirmada, será o primeiro ataque deste grupo em 2017 na Turquia. O último atentado do grupo em solo turco ocorreu na noite de ano-novo, quando um suposto militante jihadista assassinou a tiros 39 pessoas em uma boate em Istambul. / EFE

Mais conteúdo sobre:
Estado Islâmico Turquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.