Suposto narcotraficante é extraditado para Venezuela

O governo colombiano extraditou para a Venezuela o empresário e suposto narcotraficante venezuelano Walid Makled, apelidado de "El Turco", procurado pelas autoridades de Caracas por acusações de narcotráfico e homicídio, informou hoje Bogotá oficialmente.

AE, Agência Estado

09 de maio de 2011 | 14h10

Jornalistas da Associated Press testemunharam o momento em que Makled era levado a um avião venezuelano com destino a Caracas. Makled, de 41 anos, foi capturado em 19 de agosto de 2010 na cidade de Cúcuta, departamento (Estado) de Norte de Santander, 400 quilômetros a nordeste de Bogotá. O suspeito afirma ter provas de supostos vínculos entre narcotraficantes e alguns membros da guarda do presidente venezuelano, Hugo Chávez.

Os EUA também pedem a extradição de Makled por crimes relacionados ao narcotráfico, mas o governo do presidente Juan Manuel Santos optou por enviá-lo à Venezuela, argumentando que Caracas pediu primeiro e que era prioridade extraditá-lo pelo delito mais grave, o de homicídio. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbiaextradiçãonarcotraficante

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.