Suposto terrorista escapa de custódia policial no Paquistão

Rashid Rauf é procurado por seu suposto envolvimento em um plano para seqüestrar em 2006 um avião

EFE,

16 de dezembro de 2007 | 05h36

Um suposto terrorista acusado de planejar um atentado contra um avião que viajaria entre Estados Unidos e Reino Unido escapou da custódia policial no Paquistão, informou neste domingo, 16, uma fonte oficial. O fundamentalista Rashid Rauf é procurado pela Justiça britânica por seu suposto envolvimento em um plano para seqüestrar em 2006 um avião que cobria a rota transatlântica entre Reino Unido e EUA. Rauf escapou neste sábado quando era trasladado a Islamabad desde a prisão de Adiala para assistir a uma audiência do tribunal paquistanês que decidiria sobre sua extradição ao Reino Unido, informou o canal de televisão "Geo TV". Quando escapou, o acusado estava acompanhado por dois policiais que estão sendo interrogados e podem ser acusados de tê-lo ajudado. O suposto terrorista, que tem nacionalidade britânica e paquistanesa, tinha sido detido em agosto de 2006, e o então ministro do Interior, Aftab Ahmed Khan Sherpao, assegurou que ele era um "membro da al Qaeda com vínculos no Afeganistão". Em dezembro de 2006, no entanto, uma corte antiterrorista não encontrou evidências de sua implicação em atividades de terrorismo, e Rauf passou a ser acusado de falsificação e posse de explosivos.

Tudo o que sabemos sobre:
CUSTÓDIATERRORISTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.