Supostos americanos e ingleses presos pelos EUA no Iraque

As forças americanas no Iraque prenderam nesta terça-feira seis pessoas que dizem ser americanas e outras duas que afirmam ser inglesas. A detenção se deu porque os supostos americanos e ingleses teriam participado de ataques contra as forças da coalizão que ocupa o Iraque, segundo um general dos EUA. O general Janis Karpinski, responsável por homens presos pela coalizão no Iraque, disse que os supostos britânicos e americanos estão detidos por razão de segurança. Não revelou os nomes dos presos, mas afirmou que eles serão interrogados pela inteligência militar.Em Washington, o secretário de defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld, disse que não há confirmações sobre a nacionalidade dos presos. ?A verdade é que os caras que pegamos têm, algumas vezes, múltiplas identidades de diferentes países. Eles são muito espertos para confundir as pessoas sobre sua verdadeira nacionalidade e o que estão fazendo. Leva um pouco de tempo para clarear essas coisas?, disse ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.