Supostos mísseis dos EUA matam sete no Paquistão

Mísseis aparentemente lançados por um avião não tripulado norte-americano atingiram hoje uma casa usada por militantes no noroeste do Paquistão. O ataque matou sete pessoas, segundo um funcionário do governo e uma testemunha. A identidade das vítimas do ataque na região de Kurram não foi divulgada. Um alto funcionário da área afirmou que acredita-se que a residência atingida era frequentada por militantes islamitas. Ele falou sob condição de anonimato.Um morador disse que aviões espiões estavam manobrando na área pouco antes do ataque. Ele afirmou que foram retirados sete corpos do local destruído. Os Estados Unidos lançaram mais de 30 ataques com mísseis contra alvos da Al-Qaeda e do Taleban perto da fronteira afegã, desde o ano passado, matando muitos militantes, inclusive altos membros dos grupos, mas também civis.Os mísseis aparentemente são lançados de aviões espiões que partem do vizinho Afeganistão, mas raramente os Estados Unidos admitem esses disparos. O governo paquistanês em várias ocasiões reclamou desses ataques, porém muitas pessoas especulam que os dois países têm um acordo não escrito que permite os ataques.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.