Supostos separatistas decepam homem no sul da Tailândia

Supostos militantes separatistas deceparam um homem neste sábado (29) no sul da Tailândia. Trata-se do primeiro incidente do tipo desde o início de uma onda de violência que desde 4 de janeiro varre uma região predominantemente muçulmana da Tailândia, informou a polícia. Em incidentes separados, um policial foi assassinado e um civil ficou ferido. Cheam Nadkaew, de 63 anos, foi morto em um seringal nos arredores de sua aldeia na província de Narathiwat, disse o tenente general Puan Ismaae, da polícia local. Segundo ele, a cabeça de Cheam foi jogada em uma rua do vilarejo onde ele morava. Seu corpo foi deixado na plantação com uma nota ameaçando novos ataques se a polícia prender muçulmanos inocentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.