Supostos separatistas matam nove soldados na Índia

Pelo menos nove soldados do Exército indiano morreram e três ficaram gravemente feridos após uma emboscada que teria sido perpetrada por separatistas tribais. O ataque ocorreu enquanto os militares escoltavam trabalhadores em uma área próxima ao povoado de Eskapara, a 200 quilômetros ao sul de Agartala, a capital do Estado de Tripura.Segundo o inspetor-geral da polícia estadual, N. S. Bali, "os militantes dispararam ao atacar o comboio de três veículos e mataram nove soldados". Ninguém assumiu responsabilidade pelo ataque, mas Bali o atribuiu à Frente Nacional de Libertação de Tripura, que luta por um Estado tribal independente desde meados da década de 1980. Segundo o inspetor-geral, os rebeldes escaparam levando as armas dos soldados mortos, incluindo duas metralhadoras e dois fuzis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.